Enxoval de Bebê em Orlando (EUA): Como economizar muito em acessórios (fotos com preços)!


Comprar ou não comprar enxoval de bebê no exterior? Eis a questão! Muitas mamães ainda tem dúvida se vale a pena comprar o enxoval do bebê no exterior ou não. A resposta é: depende. Depende se irá ficar muito ou pouco tempo, depende se a viagem de férias será aproveitada para isso, depende se é seu sonho, depende do tamanho do seu bolso e do que realmente pretende comprar.

 

Tudo depende do perfil da viagem:  se aproveitar a sua viagem de férias para trazer o enxoval vale muito a pena. Se está indo apenas para fazer o enxoval, pesquise bem os preços dos mesmos itens (ou similares) antes no Brasil. Não esqueça de somar o valor da passagem aérea, alimentação, transporte e hotel, some ao valor dos itens e divida para saber se ainda vale a pena. Independente do caso, se o item estiver com pouca diferença de preço no Brasil, compre no Brasil, pois você poderá muitas vezes parcelar, trocar e não terá o peso na bagagem, use esse “peso” para trazer itens mais difíceis de encontrar ou que compensem muito no preço final.

Aproveitei minha última viagem a Orlando para trazer algumas coisas para meu sobrinho, descobri uma semana antes da viagem que seria titia de um menino e é lógico que reservaria parte do orçamento para trazer presentinhos.

 

Garimpei em todas as lojas que entrei: fui na Burlington, Ross, TJ Maxx e Walmart. Não comprei nada nos outlets, pois encontrei todas as marcas nessas lojas de departamento. Tenho algumas fotos com preços.

Tudo o que está indicado com um coração roxo e escrito Parents´s Choice foi aprovado por pais e pediatras e eleitos itens de excelente qualidade pela comunidade americana (algumas vezes elaborado com ajuda dos mesmos). Os itens que acho mais legais irei comentar. Outra marca bem-conceituada por lá é a Dr Brown´s, conhecida por seu sistema anti cólica.

 

Alguns exemplos de economia com enxoval de bebê nos EUA:

  • Chupeta de alimentação – serve para colocar cubos de frutas e assim a rede de proteção não permite a criança morder pedaços e engasgar, ela irá sugar o suco da fruta e conseguir alguns pedaços menores mais amassadinhos para engolir.
  • Copo snack – você pode colocar o alimento da criança ali, frutas picadas, biscoitos, cereais e ele tem uma espécie de válvula protetora que não permite cair os itens, você precisa colocar a mão entre essa válvula e então retirar com a comida.
  • Prendedor de chupeta – Prende a chupeta a roupa através de uma espécie de cinto. Há opções mais em conta do que no Walmart.
  • Kit travesseiro veicular, paguei $ 5 e me arrependi de não ter comprado mais um. Serve para carrinho de bebê e cadeirinha.

Comprei 2 cobertores por $ 8 na Ross (foto com ele já em uso e não solta pêlo) e vários pares de tênis por até $ 6. Nas lojinhas de $ 1 eu comprei toalhas umedecidas (toalhas, não lencinhos) e são ótimas, brinquedinhos de banho, pomadas e cremes, termômetro (checar, pois alguns medem apenas em Fº), comprei mini kit viagem, potinhos e colheres de alimentação (quase pirei), mas há uma infinidade de acessórios, até remédios (mas esse é melhor consultar um pediatra antes).

 

Aqui chamamos de cueiro, lá eles chamam de cobertores, mas parecem mesmo uma manta mais grossa que um lençol, trouxe um kit com 5 e paguei $ 8. Enfim, quem souber garimpar vai encontrar preços excelentes.

 

Confira os todas as dicas sobre Orlando nesse link.

 

PLANEJE E RESOLVA SUA VIAGEM ONLINE COM OS MELHORES DESCONTOS

Comentários

Sobre Daniela Araujo Santos

Meu nome é Daniela - mas a maioria me chama de Dani - sou formada em administração e resolvi encarar o desafio de além de conquistar uma segunda profissão, ser especialista na língua inglesa. Sou apaixonada por livros, séries, filmes e meu hobby é cozinhar. Amo aprender sobre novas culturas e tenho o sonho de viajar pelo mundo, testar receitas de diversos países e juntar tudo o que tiver de experiências para repassar para o maior número de pessoas possíveis. Acredito que tudo o que aprendemos nessa vida não serve de nada se não é compartilhado: conhecimento e cultura são coisas que quanto mais compartilhamos mais recebemos de volta. Por isso, também sou professora bilíngue na educação infantil. Loucura? Um pouco, mas amo tudo o que faço.

Deixe seu comentário