Roteiro Portugal – O que fazer em 4 dias em Porto


O que fazer em Porto, Portugal: quais as melhores atrações e o que não fazer para evitar perrengues no nosso roteiro de 4 dias.

Na viagem do Ivo com sua família a Portugal, conferimos agora quais dicas e recomendações da experiência de 4 dias em Porto – Portugal. Veja no roteiro detalhado dia a dia, aproveite as dicas e fuja dos perrengues.

Porto – Dia 1 – Parque da Cidade Porto + Pôr do Sol

Chegar de um voo longo é sempre bom tomar um banho e descansar um pouco. Em seguida partimos para o Parque da Cidade Porto ver o Show do Luis Fonsi e conhecer o parque. Para chegar no parque saímos da estação de Metro Casa da Música e pegamos um ônibus na Avenida Bela Vista até o local. Compramos o um bilhete que se chama Andante no metro que é bem parecido com o Bilhete Único usado na cidade de São Paulo no Brasil.

  1. Parque da Cidade de Porto: local muito bonito bem parecido com o parque Ibirapuera de São Paulo, com muitas pessoas e o show que já havia comentado;
  2. Andamos pela orla de Praia para chegar no bairro do Matosinho para ver o pôr do sol, que é muito belo. Não entramos na água, só andamos pelo calçadão;
  3. Vimos de perto a escultura Anêmona;
  4. Comemos no MC Donalds mesmo e depois voltamos para o Hotel.

Porto – Dia 2 – Centro Velho de Porto

No segundo dia estava chovendo, então fomos para um shopping próximo para conferir os preços dos produtos de lá e aguardar a chuva passar – por sorte, foi parou bem rápido. Voltamos para o nosso roteiro que era conhecer o centro velho de porto. Nosso ponto de partida neste dia foi a estação de metrô Trindade, que fica próximo da avenida Aliados, que no mesmo local possui a Câmara Municipal de Porto um monumento a Garret e com Pedro IV.

  1. Monumento a Garrett: o monumento a Almeida Garrett, personalidade marcante do século XIX nascido no Porto, situa-se em frente à Câmara Municipal do Porto. Fomos andando da estação Trindade até o monumento. O lado bom é que saindo da estão Trindade é uma descida, então “todo santo ajuda”;
  2. Estátua Equestre de Dom Pedro IV: continuando a caminhada, passamos pelo estatua de Dom Pedro IV que aqui no Brasil foi o chamado Dom Pedro I;
  3. Torre dos Clérigos: bem próximo existe a Torre dos Clérigos e aí se inicia uma pequena subida. Porto é uma cidade de muitas ladeiras então se prepare. É um ótimo lugar para se iniciar o passeio, pois é uma torre que possui vista para todos os pontos turísticos. Para visitar a torre é necessário comprar o ingresso que custou € 5 por pessoa. Não tem elevador para subir então você terá que enfrentar 240 degraus muito estreitos, mas a vida recompensa;
  4. Igreja dos Carmelitas Descalços: bem próximo existem duas igrejas – a das Carmelitas e a do Carmo – e entre elas uma casa mais estreita de Porto. As igrejas são muito bonitas;
  5. Estação São Bento: uma linda estação de trem e metrô com azulejos portugueses que ilustram a história de Portugal e suas batalhas;
  6. Sé do Porto: na Igreja da Sé de Porto – muito linda a Igreja – fica bem no alto e tem uma arquitetura única, pois quando foi construída servia de abrigo para o povoado quando ocorriam guerras ou invasões a cidade, e por esse motivo não tem muitas janelas;
  7. Ponte Dom Luis: é uma linda ponte que passa por cima do Rio Douro e liga Porto a Vila de Gaia, Neste local existem as ruínas da muralha que cercava a cidade Porto;
  8. Teleférico de Vila Nova de Gaia: uma ótima opção de transporte para ir para margem do rio Douro quando está na parte superior. O custo deste teleférico foi de € 6 só ida;
  9. Rabelos Restaurante Bar: paramos para comer algo neste restaurante e descobrimos algumas coisas conversando com o garçom. Por exemplo: não se pode chamar uma pessoa de moço ou moça, pois para eles esta palavra é algo agressivo (é como se chamássemos uma pessoa sem estudos). Outra coisa interessante: foi o garçom que escolhe a mesa para você se sentar (você pode pedir para mudar se quiser, mas deve esperar ele escolher);
  10. Vila de Gaia: andamos pelas ruas e passamos por algumas adegas de vinho que existem por lá. Não compramos os vinhos de lá, pois o melhor lugar para isso é no mercado;
  11. Funicular dos Guindais: estávamos na parte baixa do rio Douro, então escolhemos subir usando o Funicular. Andamos pela Vila de Gaia e atravessamos a ponte Dom Luis pela parte inferior até o funicular, que nos levaria para parte superior de Porto. O valor foi de € 2,5;
  12. Taberna Belga: fomo de carro até Braga comer um prato muito típico de Porto, chamado de Francesinha – muito gostoso e existe a versão vegetariana.

Depois de comer muito, voltamos para o Hotel e dormimos.

Porto – Dia 3 – City Tour + Passeio no Rio Douro

No terceiro dia estávamos já cansados, então optamos por usar um ônibus de turismo que permite usar o dia todo com o custo de € 16 por pessoa. Com isso ficou mais fácil de ir para lugares mais distantes. Estes ônibus saem da praça onde fica a Estátua de Dom Pedro IV.

  1. McDonald’s mais bonito do mundo: passamos por lá, mas não é isso tudo (embora o Google há pessoas que dizem que é o McDonand mais bonito do mundo). Fica bem na frente onde sai os ônibus;
  2. Farolim de Felgueiras: pegamos o ônibus e passamos na frente de vários lugares que havíamos passado no dia anterior, mas nossa primeira parada foi na praia onde se encontra o Rio Duro e o mar;
  3. Jardim do Passeio Alegre: passamos neste parque para usar o banheiro apenas, mas é muito bonito o lugar (apesar de o banheiro masculino não ter porta e ter que pagar para usar cerca de € 0,25);
  4. Rio Douro: voltamos ao ônibus de turismo e fomos pegar um barco para fazer o trajeto das 6 pontes do Douro. Quando compramos o ingresso do ônibus já estava incluído este passeio, então lembre -se de pedir o passeio no ato da compra. Os barcos saem da Ribeira e é um passeio que dura cerca de 50 minutos;
  5. Ribeira de Porto: para explicar melhor, o principal rio da cidade de Porto é o Douro. Em um lado da margem é Porto e outro lado é Vila de Gaia. Do lado da Vila de Gaia é onde encontramos as adegas de vinho e do lado da Ribeira que tem vários bares e restaurantes. Os barcos que utilizamos para o passeio saíram do bairro da Ribeira;
  6. Jardins do Palácio de Cristal: fomos caminhando até o Palácio de Cristal entre as ruas de Porto – foi muita ladeira (muita mesmo). A entrada é gratuita e tem uma linda vista de cima do Rio Douro e da cidade. Vale a pena.

Porto – Dia 4 – Castelo e Palácio Guimarães + Gato Comeu-te a língua

No quarto dia alugamos um carro e fomos para Guimarães, local onde iniciou a história de Portugal. Cidade natal de Afonso I, e cognominado de “o Conquistador”, foi o primeiro Rei de Portugal e lá existe o Castelo e Palácio de Guimarães onde nasceu Portugal e Afonso I. O Guimarães fica em Braga, que de carro leva cerca de 50 minutos para chegar (tem como ir de ônibus de turismo saindo da Estátua de Dom Pedro IV com o valor de € 65 por pessoa, sendo necessário reserva antecipada). É possível também ir de trem, mas somente se os bilhetes forem comprados com antecedência e o custo de ida é de € 3,25 por pessoa, levando cerca de 1 hora para chegar (se quiser comprar as passagens de trem entre no site https://www.cp.pt/passageiros/pt). Como estávamos em Porto teria que comprar uma passagem da estação Porto – Campanha para Guimarães.

  1. Castelo Guimarães: o castelo é muito lindo. Chegamos lá por volta das 10h30 e ainda estava vazio, permitindo tirar muitas fotos. O valor do ingresso foi de € 3 por pessoa (este mesmo ingresso da direito a ver o Castelo e o Palácio). Uma curiosidade que descobri lá é um castelo é fortificado e construído pensando na defesa dos moradores ou do terreno ao redor, já o palácio é para habitação da realeza e dos nobres;
  2. Palácio de Guimarães: lugar muito bonito, porém em seu interior não se pode tirar fotos. Lá você pode entrar e ver os cômodos com as mobilhas da época, incluindo roupas. Aproveite ao máximo a história que o lugar te oferece. Existem tapetes enormes contando todas as batalhas que Afonso I travou com os Mouros;
  3. Alameda Shop & Spot: estávamos com saudades da comida brasileira, então fomos em um shopping que possui um restaurante com arroz e feijão parecidos com de nossa terra. O legal é que este shopping fica próximo do Estádio de Futebol Dragões e existe um mercado dentro do shopping – lugar ótimo para comprar alguns vinhos;
  4. Jardim do Morro: é o melhor lugar em Porto para ver o pôr do sol, mas como fomos no verão, isso ocorria ás 20h. Então leve uma garrafa de vinho e um pano para colocar no chão, para poder sentar e contemplar o pôr do sol;
  5. O Gato Comeu-te a Língua: optamos por jantar em um lugar que fica próximo que tem a sobremesa mais bonita que já vi.

Dicas extras ao viajar para Porto e Braga

  • Já estávamos apaixonados por Porto, porém não nos acostumávamos com o portugueses, pois eles são muito literais. Um exemplo: se você vai em um lugar e perguntar se tem água para comprar, provavelmente ele responderá apenas “sim” e vai embora. Quando quiser comprar algo, peça e pergunte o preço em seguida.
  • Fomos na época de verão, o que foi ótimo, pois o sol nasce as 7 horas e se põe as 20 horas. Os comércios e museus fecham mais tarde.

O que faria diferente em seu roteiro?

  • O modo que realizamos os passeios dos dias foram muito bons, porém eu teria pego o ônibus de turismo para dois dias e parado em todos os pontos de paradas que ele oferece. Eu fiz esses mesmos pontos, porém caminhando (e bem mais cansativo).
  • Teríamos também andado mais nas adegas de Vila de Gaia e teria comido algo no jantar ou no almoço no bairro da Ribeira.

O que não curtiu?

  • Os portugueses, por serem muito secos, tem momentos que eles não nos queriam no estabelecimento. Achávamos que era algo que estávamos fazendo, mas notamos que eles tratavam todos do mesmo modo.
  • As ruas são muito estreitas no centro, um pouco difícil de estacionar e conduzir o carro.

O que é imperdível?

Com todos os pontos visitados os melhores lugar que visitamos, foi ver o pôr do sol no Jardim do Morro e ir jantar no Gato Comeu-te a Língua. Levamos um vinho para ver o pôr do sol e o sorvete. Os crepes do Gato Comeu-te a Língua são muito gostoso – tanto o lugar como a comida.

 

A viagem continua para outros locais de Portugal. Confira nas próximas postagens aqui no ViajaTerapia ou clique aqui e leia tudo que já publicamos sobre Portugal.

PLANEJE E RESOLVA SUA VIAGEM ONLINE COM OS MELHORES DESCONTOS

Passagens aéreas em promoção em até 12x com a ViajaNet

Reserve o hotel perfeito para sua viagem com desconto exclusivo Booking

Aluguel de carro: contrate online em até 12x e sem IOF com a RentCars

Compre chip de celular (voz e dados/internet) online com 30% de desconto com a EasySIM4U

Dólar, Euro, Peso e outras moedas com as melhores taxas com a CâmbioStore

Cruzeiros pelo Brasil e no Mundo com a Logitravel em até 10x

Compre ingressos e ticket's das principais atrações

 

COMPARTILHE SUAS HISTÓRIAS E DICAS DE VIAGEM

Quer compartilhar suas dicas de viagem com outros leitores do ViajaTerapia? Envie suas dicas, recomendações, indicações de hotéis, restaurantes, atrações e passeios.

Você pode contribuir deixando seu comentário nos artigos do site, enviando uma mensagem através do formulário de Contato ou por e-mail contato@viajaterapia.com 

 

Comentários

Sobre Ivo dos Santos Matos

Gosta de viajar e costuma fazer isso acompanhado de sua esposa, Dani. Ter um cunhado morando em Portugal ajuda a ter uma desculpa para visitar o país (como se fosse preciso).

Deixe seu comentário