Free Walking Tour São Paulo – Conheça sua cidade “like a gringo”


Contratar um tour por uma agência de viagem é comum para muito turista, mas um serviço criado na Europa tem atraído a atenção de muita gente e vem incomodando muitas agências: o Free Walking Tour.

A iniciativa baseia-se em ter uma pessoa moradora da região que apresenta a cidade e alguns fatos históricos e culturais para os turistas. Qual o diferencial? É “quase” gratuito. Não há pré pagamento. Você participa do tour guiado e realiza o pagamento da quantia que julgar correspondente ao serviço recebido. Se não quiser pagar nada por julgar que não valeu a pena, não haverá nenhuma cobrança ou constrangimento. Por mais estranho que possa parecer para aqueles acostumados com outro modo de trabalho das agências brasileiras, essa iniciativa se espalhou mundo afora e está presente em varias cidades e países (inclusive no Brasil).





Como o foco desse tour é apresentar a região aos turistas de outros países, ele geralmente é feito em inglês ou espanhol (dependendo da região que você fizer o tour).

No Brasil há diferentes cidades que já possuem o Free Walking Tour e fizemos o passeio com a galera de São Paulo.

Nesta cidade há três opções de tours: Centro Histórico, Vila Madalena e Paulista. Cada um deles possui dias, horários e pontos de encontro diferentes. No passeio que fizemos pelo tour do Centro Histórico, o ponto de encontro é a saída do metrô República. No site há informações detalhadas sobre o ponto de encontro.

No horário programado ocorre a saída, mas antes todos realizam um breve cadastro num tablet com dados como nome e e-mail, para receber um link sobre o tour e algumas fotos também.

O tour é todos em inglês e conta muito sobre a história e cultura nacional. Mesmo que seja um morador, acredito certamente que terá acima curiosidade nova que aprenderá. Esse tour dura cerca de 3h e é feito todo a pé. Há uma parada numa tradicional padaria para que todos possam provar um açaí brasileiro e ainda a famosa coxinha de frango. Essas paradas costumam ocorrer em quase todos os tours, cada um apresentando um pouco da culinária e bebidas locais.

A guia do tour oferece varias recomendações de outros passeios e locais para conhecer, que podem ser feitos após o tour ou em outros dias.
Ao final do tour, a guia orienta sobre a gorjeta: qualquer tipo de moeda é aceita, e qualquer valor. A gorjeta sugerida é de 25 reais, mas o dinheiro é colocado em um saco, portanto não haverá nenhum constrangimento caso o valor seja maior ou menor.




No tour realizado em um sábado de setembro de 2018, haviam cerca de 25 pessoas, sendo que aproximadamente 20 eram estrangeiros.

Também já realizei esse tour em Santiago (Chile) e também foi igualmente interessante.

É uma boa opção para conhecer da cultura local e ainda economizar em suas viagens ou ainda para conhecer melhor a cidade em que você mora.

Pra conhecer mais sobre o Free Walking Tour acesse o site e confira a programação de locais de partida e horários.

 

PLANEJE E RESOLVA SUA VIAGEM ONLINE COM OS MELHORES DESCONTOS

Passagens aéreas em promoção em até 12x com a ViajaNet

Reserve o hotel perfeito para sua viagem com desconto exclusivo Booking

Aluguel de carro: contrate online em até 12x e sem IOF com a RentCars

Compre chip de celular (voz e dados/internet) online com 30% de desconto com a EasySIM4U

Dólar, Euro, Peso e outras moedas com as melhores taxas com a CâmbioStore

Cruzeiros pelo Brasil e no Mundo com a Logitravel em até 10x

Compre ingressos e ticket's das principais atrações

 

COMPARTILHE SUAS HISTÓRIAS E DICAS DE VIAGEM

Quer compartilhar suas dicas de viagem com outros leitores do ViajaTerapia? Envie suas dicas, recomendações, indicações de hotéis, restaurantes, atrações e passeios.

Você pode contribuir deixando seu comentário nos artigos do site, enviando uma mensagem através do formulário de Contato ou por e-mail contato@viajaterapia.com 

 

Comentários

Sobre Pedro

Apaixonado viajar e falar sobre viagem. De tanto que gosta do tema, resolvi fazer esse blog para contar sobre as viagens que fiz e as que estou planejando fazer. Fui a mais lugares do que já pensei que pudesse e a menos do que gostaria. Quando mais diferente a cultura, mais interessante fica a viagem. Além de “Disneymaníaco”, gosto especialmente de conhecer as mais diferentes culturas e pessoas.

Deixe seu comentário