Como é voar em classe executiva pela LATAM + sala VIP do aeroporto de Santiago, Chile


Viajar pra outra cidade ou país é uma experiência prazerosa ou não, dependendo da classe em que você viaja. Nos últimos anos, muitos brasileiros passaram a realizar viagens e o mercado de aviação cresceu bastante. Mas a maioria da população ainda viaja de classe econômica. Ao entrar no avião e passar pelo corredor das primeiras fileiras, vimos a primeira classe e a classe executiva… na maioria das vezes, só visualizamos, pois pelo preço cobrado, é realmente uma experiência para poucos. Viajamos em classe executiva e compartilhamos agora um pouco dessa experiência. Confira!

 

Dados do voo
Trecho Santiago (Chile) a São Paulo
Viagem feita em setembro de 2017
Cia LATAM





Embarque
A diferença começa aqui. Embarque preferencial, vazio e amplo. Ao olhar para a área do embarque em classe econômica vimos filas e mais filas. Na classe executiva, havia cerca de 7 funcionários para cada passageiro. Nenhuma fila. O limite de peso nas bagagens possui maior tolerância: havia ultrapassado o peso limite permitido em uma mala e tinha um peso menor em outra. Resultado: não houve problemas. As malas recebem uma etiqueta de prioridade no desembarque, chegando antes na esteira do aeroporto.

Por ser viagem internacional, é necessário passar pela polícia federal, e há um quiosque separado e vazio especialmente para os passageiros da classe executiva.

 

Sobremesa da sala VIP

Sala VIP
A passagem em classe executiva oferece acesso à sala VIP. Considero um “passeio” a parte. Banheiros limpos e espaço para banho (já com toalhas limpas). Espaço para dormir e sala de entretenimento para adultos e crianças. Várias poltronas todas com tomadas para recarga e Wi-Fi poderoso (muito mesmo). Deu sede ou fome? Há um menu com dezenas de vinhos e bebidas, alem de opções para comer (saladas, salgados entre outros). Você pode ficar o tempo que quiser e contar com todos esses serviços.

 

Durante o voo em classe executiva
Havia uma aeromoça para atender a apenas 12 pessoas da classe executiva, além de um banheiro exclusivo. Para comer foram oferecidas duas opções: lombo ou salmão, ambos acompanhados por risoto de funghi com abóbora. Para acompanhar salada verde com queijo e tomate seco. Um vidro pequeno de azeite balsâmico é um mini saleiro e pimenteiros também acompanham. Alguns pães com manteiga para entrada são oferecidos. De sobremesa há opção de escolher entre salada de frutas ou uma “delícia de fruta do conde”. Tudo servido em pratos e copos de vidro. Os talheres são de metal. Para beber há desde sucos e refrigerantes a vinhos (cabernet sauvignon, pinot noir ou blanc).





Como estávamos na terceira e última fileira da classe executiva, ao chegar a nossa vez não havia mais opção de salmão disponível. Na hora da sobremesa só tive a opção de salada de frutas. A aeromoça pediu inúmeras desculpas e disse que poderíamos ter a opção de escolher entre os itens disponíveis para as demais classes. Dissemos que não queríamos, pois as opções eram carne de porco e a minha esposa não come esse tipo de carne. Alguns minutos se passaram até que a aeromoça veio informar que a refeição do comandante estava sendo oferecida a ela (um filé de carne vermelha). Minha esposa recusou pois não estava com fome. Para mim, de sobremesa, foi oferecida torta de limão (que fora servida a classe econômica). Após tudo isso, a aeromoça veio novamente até nos oferecendo chá e café, além de uma cesta cheia de chocolates Lindt.

Fora essa qualidade da alimentação, é interessante destacar que com tanto conforto no embarque no aeroporto e mais espaço dentro do avião, nem sentimos a viagem passar. Cansaço? Não teve.

Ao final da viagem, além de ser os primeiros a deixar a aeronave, nossas bagagens também são as primeiras a serem despachadas. Menos tempo no aeroporto!

Viajar assim é muito mais legal. Claro que isso tudo tem um preço.
Meu conselho: caso não seja afortunado e viaje sempre em classe econômica, recomendo avaliar o preço para viajar em classe executiva nos casos de longas durações ou quando terá que levar/trazer muitas malas (já que o limite de bagagens costuma ser maior).

Importante destacar que tais experiências foram vividas na sala VIP do aeroporto de Santiago (Chile) e pela empresa LATAM. Eles podem variar de acordo com o aeroporto e empresa.

Pesquise os preços para viagens em classe executiva clicando nesse link. Muitas vezes o preço pode te surpreender.

Você já viajou de classe executiva ou primeira classe? Compartilhe conosco como foi sua experiência aqui nos comentários!

 

PLANEJE E RESOLVA SUA VIAGEM ONLINE COM OS MELHORES DESCONTOS

Comentários

Sobre Pedro

Apaixonado viajar e falar sobre viagem. De tanto que gosta do tema, resolvi fazer esse blog para contar sobre as viagens que fiz e as que estou planejando fazer. Fui a mais lugares do que já pensei que pudesse e a menos do que gostaria. Quando mais diferente a cultura, mais interessante fica a viagem. Além de “Disneymaníaco”, gosto especialmente de conhecer as mais diferentes culturas e pessoas.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.